Gelo sintético vs. Gelo real – quais as diferenças?

Mais e mais câmaras municipais, clubes de hoquei e empresas de eventos/operadores de lazer, optam por gelo sintético, como uma alternativa rentavel e sustentavel, face ao gelo real. Mas o gelo artificial é bom e quais são os principais diferenças entre gelo sintético vs o gelo real?

Custos operacionais do gelo sintético vs. Gelo real

As pistas de gelo sintético funcionam sem o uso de qualquer água ou eletricidade, para que possam ser operadas e mantidas por uma fração do custo envolvido com o gelo real.

Versatilidade do gelo sintético vs. O gelo real

Devido à sua natureza congelada, o gelo real só é viável nos climas frios de inverno.

O gelo sintético é completamente independente das condições climatéricas e pode ser instalado ao longo do ano, e em qualquer parte do mundo – mesmo nos trópicos ou nos países desérticos. O fato de que o gelo sintético não precisa de refrigeração, também torna a escolha perfeita para locais onde o ruído do gerador seria um factor de perturbação.

O efeito de deslizamento do gelo sintético vs. Gelo realg

O gelo real é simplesmente o original, e copiar o seu efeito de deslizamento tem sido sempre um grande desafio para a indústria de gelo sintético. Contudo, Os produtos premium autolubrificantes de hoje oferecem um efeito deslizante muito semelhante ao do gelo convencional e permitem replicar quaisquer movimentos biométricos autenticamente. É por isso que até mesmo os clubes da liga de hoquei e patinadores profissionais usam frequentemente esta alternativa para a sua prática desportiva.

O gelo sintético Glice® aproveita o excelente efeito de deslizamento de uma tecnologia premium, desenvolvida por atletas para atletas: https://www.glicerink.com/pt-pt/pista-de-gelo-sintetico-tecnologia/

Não está convencido da nossa palavra – encontre aqui o que atletas e clientes em todo o mundo, pensam das nossas pistas de gelo sintético da Glice®: https://www.glicerink.com/pt-pt/depoimentos/